Cleyson Dellcorso

Quando a vida não vai bem, todos viram filósofos

Somos um conjunto complexo de caracteristicas que formam nossa Filosofia de Vida.

Se houvesse um equipamento que pudesse fotografar você em sua essência e registrasse o seu comportamento, veria que você é o resultado de  um conjunto complicado de características, que vão desde as genéticas até os hábitos adquiridos ao longo da vida, passando por aquilo que você acredita e pelos valores que norteiam seu dia a dia.

O conjunto destas características somado a sua experiencia de vida e uma serie de outras variáveis formam a sua filosofia de vida.

Todos temos a nossa filosofia de vida.

Nem sempre percebemos o conjunto de características que formam o nosso ser, mas elas estão lá. Elas são suas e moldam o seu comportamento. Conhecer estas características facilita, em muito, o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Nem todos somos capazes de interpretar ou articular a nossa filosofia de vida. De uma maneira ou outra, ela existe e o importante é observar se ela funciona contra ou favor de você.

O grande segredo é reconhecer a sua filosofia de vida e fazer os ajustes necessários para viver bem.

Sempre podemos aprender com os antigos filósofos.

Quando algo inesperado acontece, como a perda do emprego, uma doença, um acidente ou outra situação que vai em sentido contrário as suas expectativas, é o momento em que vira filosofo e começa questionar a sua filosofia de vida – Por que comigo? Por que isso foi acontecer justo agora? O que fiz de errado? Preciso mudar minha vida, mas não sei como. Estou sem rumo. Não tenho um sentido para a minha vida. Perguntas comuns que fazemos questionando nossa filosofia de vida.

Nos tempos bons, não costumamos examinar a nossa vida, só vamos examiná-la quando algo parece fugir ao nosso controle. O Filósofo Sócrates, costuma dizer pelas ruas de Atenas: Uma vida não examinada não merece ser vivida.

A grande verdade é que ao longo de nossa vida não aprendemos a examinar a nossa vida e isto nos causa grandes dificuldades.

Mas como aprender a examiná-la nesta fase da vida?

Acompanhe este raciocínio: Se você tem alguma doença física, é um médico que deverá procurar. Se for psíquica, certamente procurará alguém da área de psicologia. Se seu carro apresentar problemas, sei que buscará um mecânico, mas também sei que se perceber que sua vida não flui, não tem sentido ou mesmo cansou de ter suas expectativas frustradas, o profissional a ser buscado é o filósofo que atue em aconselhamento filosófico.

Com o auxílio de um filósofo você poderá articular a sua filosofia de vida, percebendo se precisa alterar o seu modo de viver e principalmente percebendo se sua filosofia de vida funciona para você ou contra você.

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.