Cleyson Dellcorso

Boa Vontade x Competência no Home Office

Home Office veio para ficar

 

Desde que o Home Office passou a ser utilizado por um número maior de profissionais, alguns aspectos passaram a ter maior relevância e, desta vez, nosso assunto é a Boa Vontade x Competência.

O tema surgiu em um dos primeiros atendimentos via WEB após o início da quarentena. O profissional se queixava que não estava gostando muito do trabalho remoto. Dizia que seu superior parecia que, desde então, estava agindo de forma diferente com ele. Com uma fisionomia de desanimo disse “eu faço tudo com muita boa vontade, mas parece que ele e o pessoal da equipe estão diferentes comigo”

O Home Office exige mudança de comportamentos, entre eles está a comunicação objetiva, a assertividade e principalmente a demonstração de uma firmeza e disciplina pessoal.

Uma pessoa com apenas boa vontade tem dificuldade em exteriorizar estes comportamentos, pois exige um conjunto extra de competências. Lembre-se que comunicação, assertividade, disciplina, planejamento e presença profissional fazem parte de um conjunto maior, chamado de Soft Skills que devem ser aprimoradas.

Minha sugestão, nestes casos, é de se fazer uma avaliação das soft skills já existentes e verificar as que necessitam de uma melhor capacitação. Isto passa pelo autoconhecimento e pelo perfeito entendimento do que é esperado de nós.

Após esta avaliação, é importante buscar outras competências que são específicas para o Home Office. Importante também a mudança de hábitos pessoais e familiares, nunca se esquecendo do ambiente onde será executado o tele trabalho que deverá ser tranquilo e com a área visível na imagem, organizada e condizente com um ambiente profissional.

O tele trabalho ou home office, exige algumas soft skills específicas que estão ausentes no comportamento da maioria dos profissionais e, para o ambiente que se vê logo a frente, talvez seja interessante fazer uma revisão nestas competências e fazer um ajuste pessoal.

Veja qual o perfil do novo profissional Pós Pandemia.

Minha opinião é de que o Home Office, veio para ficar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.